Cher fala com amiga sobre programa do TCM

Que a Cher vai ser co-apresentadora de um programa de TV do canal TCM em abril, vocês já sabem. A gente falou sobre isso aqui nesse post.

Ontem, a colunista social e amiga da Cher, Liz Smith, postou em sua coluna um fato que ocorreu nos últimos dias. Acompanhe a tradução a seguir:

“O que é melhor do que assistir filmes antigos no TCM? Que tal conversar com uma grande estrela que ama filmes antigos?

Esses dias o telefone tocou. “Liz!” disse a voz que reconheci instantaneamente, “É a Cher!

“Cher, oi! É tão bom falar…”

Mas a ganhadora do Oscar me cortou e disse “Querida, eu adoraria conversar mas estou no set do TCM com o Robert Osborne, e falaremos sobre alguns dos meus filmes favoritos. Então, você conhece o filme Mildred Pierce (Alma em Suplício, em português), certo?

“Sim, é claro. Eu, inclusive, assisti esse filme esses dias.”

Ok, você se lembra o que a Ann Blyth, que fazia a personagem Veda, disse à Joan Crawford quando Joan entra no quarto enquanto ela está fazendo amor?

Pensei um pouco e disse “Cher, acho que é o seguinte: “Sempre fui eu. Nunca foi você. Monty vai se divorciar de você e casará comigo!”. Então tem um close na Ann e ela diz: “E não há nada que você possa fazer!”

Cher comemorou: “É isso! Eu sabia! Eu sabia que estava certe, viu Liz?

Fiquei confusa mas então percebi que ela estava falando, também, com a Liz Rosenberg, sua publicista há muitos anos.

Cher então perguntou o que a Joan fazia.

“Bem, tem um close nela e ela diz “Agora, Veda…”"

Cher diz à Liz Rosenberg: “Eu estava certa de novo!

Cher vai conversar, em abril, com Robert Osborne sobre seus filmes favoritos. Cher também vai comentar sobre o filme “Stella Dallas”, que tem uma frase que ela adora: “Como assim? Eu tenho estilo! Eu tenho montanhas de estilo!”

Então ela disse: “Liz, muito obrigada por me deixar encher o saco! Vou ligar novamente pra você quando tiver mais tempo e, então, conversaremos sobre o meu novo álbum! Ele é muito bom! Obrigada! Amo você! Tchau!

Gostaria de dizer que foi só mais um dia no meu escritório, mas foi muito especial. Amo a Cher”

Fonte: Coluna da Liz Smith